Cosmogum – A regra de 3 de como se fazer boa música

cosmogum2

Entrevista com Eddu Ferreira, multi-instrumentista, compositor e letrista do Cosmogum.

1-O Soul tocado pelo Cosmogum tem outras influências?

O Cosmogum definitivamente é uma banda que escuta muita coisa diferente e nem é nossa proposta fazer o soul clássico, puro. Cada um tem uma formação musical diferente, isso acaba influenciando de diversas formas. A música eletrônica e de experimentação tem espaço importante. Ao vivo faço bastante manipulação eletrônica nos vocais, com uso de loops, efeitos em tempo real e sintetizadores. Além do soul e de diferentes vertentes do rock, escutamos bastante música instrumental, rap, música africana, jamaicana, brasileira e jazz, sempre.

 

2-Vocês transitam entre o Rock, Soul, Motown, como vocês enxergam o Rock neste caldeirão de influências?

O Cosmogum tem sua origem em uma banda de rock, o Minnuit que esteve em atividade entre 2004 e 2011. Na formação final estávamos já Sam Tiago (bateria), Luiz Junior (baixo) e eu, caminhando para o que veio a se tornar o som que fazemos hoje. O rock tem esse papel de lugar base, mesmo que não esteja sempre aparente, algum elemento sempre vai fazer referência a ele porque é uma linguagem natural quando nos juntamos para tocar.

 

3-O apartamento 603, qual é a história deste apartamento que leva o nome do EP?

603 é o número do meu apartamento no centro de São Paulo, onde as ideias do Cosmogum começaram a nascer e a tomar forma. O EP foi todo produzido e gravado lá, os vocais, guitarras, baixos, pianos e sintetizadores, com exceção da bateria, gravada nos nossos amigos do FlapC4, onde o material também foi mixado (Luis Lopes). A masterização foi feita em Seattle, no Black Belt Mastering (Levi Seitz), e ficamos muito contentes com o resultado, e com todo o processo desde o início. Ter a possibilidade de chegar no resultado que tínhamos na cabeça gravando em casa, em um ambiente em que o tempo era um aliado e não um vilão foi um trunfo. Várias ideias vieram de jam sessions e de momentos muito espontâneos, que não aconteceriam do mesmo jeito em estúdio com hora marcada.

 

cosmogum-banda
Foto por: Moah Buffalo

4-O que significa “o EP tem como temática o tempo em suas diversas formas.”?

Todas as músicas falam sobre o Tempo, mas de formas diferentes, ou considerando o tempo a partir de outros pontos de vista.Há citações a elementos que vão desde a correria do dia-a-dia, ou a simples passagens de tempo, até outros tipos de valores que damos a ele, como em Mocape, “eles vão querem comprar o seu tempo, sua força, seu riso. Isso não dá pra aturar, nem pra trocar por qualquer benefício”. Conto dos Cantos Mais Antigos faz menção a uma história de outro tempo, uma lenda de criação do mundo, da relação entre o céu e o mar.“isso me lembra aquela história quando o céu, sorriu para o mar e disse: eu não vou até lá”. De Saturno é um eterno loop, um tempo que se repete e engole tudo, fazendo referência ao planeta e ao mito do deus romano Saturno, o senhor do tempo, que fala sobre uma vida cíclica. Na verdade, no mito, Saturno devora seus filhos por medo de perder seu lugar. Na música, a frase “o mundo engole o tempo” se repete até virar uma coisa só, um mantra que acaba como começa. Iroko faz referência ao orixá que tem esse nome e também atende pelo nome Tempo. Ele foi a primeira árvore plantada e pela qual todos os Orixás desceram à Terra. Ele é a representação da própria ancestralidade. Além da própria Questão de Tempo, última música, que já deixa isso mais claro até no título rs.

5-Quais são as dicas para quem está começando?

As dicas para quem está começando são as mesmas para quem já começou: FAÇA, continue fazendo e faça de novo.Se organize, junte pessoas que te inspiram ao seu redor e faça o que tenha vontade.

6-Diga alguns sites, livros, bandas e filmes que vocês tenham visto, lido ou ouvido atualmente?

Vão aqui alguns links de sites, iniciativas, grupos de pessoas que curtimos e achamos que vale a pena dar uma vasculhada para descobrir mais:
Beatwise Recordings
Ideafixa
Estúdio FitacrepeSP
Submarine Records-Norópolis
Fluxxx
Casa do Mancha
Alt – Gente torta música errada
Happy Body Slow Brain
Hiatus Kaiyote
Sound Colour Vibration
Okay player
Afro Punk
Afrohooligans
Baoba Stereo Club

Conheça mais sobre o Cosmogum:
Fanpage no Facebook
www.cosmogum.bandcamp.com
www.youtube.com/cosmogum