BAYSIDE KINGS convoca à revolução em ‘Consequência da Verdade’

 

O quarteto santista de punk hardcore BAYSIDE KINGS ativa mais uma parte do álbum #livreparatodos com o lançamento de ‘Consequência da Verdade’, o primeiro single do próximo EP, ‘Tempo’.

A Consequência da Verdade’ chega ao streaming pelo selo Olga Music, ouça aqui: https://bfan.link/a-consequencia-da-verdade.

Clipe : https://youtu.be/nxUtUy0dDbk.

‘Consequência da Verdade’ é um chamamento à revolução, seja ela pessoal ou coletiva, a continuação direta da temática lírica iniciada no EP Existência (2021).

‘Quem é você quando tudo se desfaz’, questiona e provoca a letra embalada pelo punk hardcore fugaz e cativante do BAYSIDE KINGS, que a cada lançamento mostra uma sonoridade única, não linear e madura.

Além disso, o single, assim como as demais músicas do EP Tempo (no streaming no próximo dia 7 de julho), conversam e abordam alguma etapa do tempo, seja ele, presente, futuro ou passado.

O clipe de ‘Consequência da Verdade’ também é a sequência do audiovisual de ‘Existência’ (assista aqui), o primeiro single do EP anterior, que leva o mesmo nome da música.

Para o vocalista Milton Aguiar, tanto ‘Consequência da Verdade’ com as demais músicas do vindouro EP Tempo tem um ‘tempero de MTV2’. Ele explica:

“Tudo o que gostamos de submundo e alternativo era ali (no canal) que acontecia. Neste EP teremos músicas pesadas, rápidas no melhor estilo skate punk e até uma bem melódica no melhor estilo hardcore Santos”.

As mensagens também seguem atuais e urgentes: a sensação de irrealidade das redes sociais, pelo fim de preconceitos, política e provocações como alerta para uma vida mais digna.
A mudança: letras em português

O cenário sócio-político nacional de 2018, conta Milton, foi o ponto de partida para a mudança na forma de levar a mensagem do BAYSIDE KINGS. “O agora e o futuro daquele tempo demandava à banda atingir nosso público e ir além de quem já nos conhece, e com uma mensagem uniforme”.

As letras em português, portanto, é uma forma de conversa com outros públicos, outras culturas, além de estreitar a relação com a já sólida base de fãs e pessoas ligadas ao hardcore punk.

“Queremos abrir novos campos de diálogo”, revela o vocalista, que estudou as métricas do português para adequar a sua forma de cantar – bandas como Colligere e Mais que Palavras são algumas referências para este processo. O resultado está em Existência, em que cada palavra da música é entendida.

“Um recomeço, com a experiência e maturidade de 10 anos. “Queremos coisas novas e esse é o momento ideal”, completa Milton.

Desta forma, a nova fase foi oficialmente inaugurada no segundo semestre de 2021 com o EP Existência. Ouça aqui: https://bfan.link/existencia-livreparatodos.

Cada uma das quatro faixas do EP traz um conceito sobre existir a partir de uma leitura do BSK. As faixas, cuja sonoridade está atrelada a um hardcore rápido e furioso (lançando mão de melodias e cadências quando necessário), funcionam e são inteligíveis tanto individualmente como uma sequência.

Ficha técnica

A Consequência da Verdade
Animação produzida por Baia Filmes, com Arthur Feltraco e Rodrigo Acedo

Música produzida por Bayside Kings
Gravado, mixado e masterizado por Estúdio TOTH

A Consequência da Verdade faz para do álbum #livreparatodos

Lançamento via Olga Music

Agradecimentos especiais: Estúdio Toth, Montreal Music, assessoria Tedesdo Mídia, Lucas Shtorache, Arthur Feltraco Filmes da Baia, Ikeda Borntolove design, Agência Hammer, Underdogs Crew, nossos amigos, amigas, família, bandas e artistas e a você, obrigado pelo suporte e por não deixar a chama apagar

Diego Fernandes Escrito por:

Bebedor desenfreado de café, Diego é desenvolvedor front-end e professor. É o fundador do Duofox. Na literatura não vive sem os russos Tolstói, Dostoiévski e Anton Tchekhov e consegue "perder" tempo com autores da terra do Tio Sam, Raymond Chandler e Melville. Acredita que a arte de maneira geral é a única forma de manter o ser humano pelo menos acordado, longe do limbo que pode levar a humanidade à Encruzilhada das Almas.

seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.