Charles Peterson – A fotografia da Ascensão de Seattle

diver-nirvana-duofox

Nos anos 80, recém graduado na Universidade de Washington, Charles Peterson foi passar uma temporada em Seattle e acabou documentando cenas do cotidiano da cidade e de inúmeras bandas. Com sua câmera, passava grande parte de seu tempo em clubes onde as banda se apresentavam, fotografando seus integrantes e suas performances. Mas com este hobby, que até então, trazia apenas a vontade de fotografar por diversão, assim por dizer, acabou tornando-se emprego na Sub Pop.

Bruce Pavitt e Jonathan Poneman trouxeram para Seattle, um pequeno selo chamado Sub Pop que em pouco tempo se tornou uma máquina de caça-talentos. Soundgarden, Nirvana, Alice in Chains, Screaming Trees, Mudhoney, Pearl Jam, TAD e um trilhão de bandas excepcionais. Logo Charles Peterson, estava trabalhando no selo ao lado de figurões como Jack Endino.

Charles Peterson tornou-se conhecido por retratar a ascensão da cena grunge de Seattle do final dos anos 80 ao início dos anos 90. Sempre fotografou de forma natural e espontânea.
Sem poses forçadas, apenas o momento, documentando os atos sem pretensão. É desta forma, que sua fotografia destaca e nos leva ao cotidiano com outros olhos.

Confira o trabalho de Charles Peterson:

Diego Fernandes Escrito por:

Bebedor desenfreado de café, Diego é desenvolvedor front-end e professor. É o fundador do Duofox. Na literatura não vive sem os russos Tolstói, Dostoiévski e Anton Tchekhov e consegue "perder" tempo com autores da terra do Tio Sam, Raymond Chandler e Melville. Acredita que a arte de maneira geral é a única forma de manter o ser humano pelo menos acordado, longe do limbo que pode levar a humanidade à Encruzilhada das Almas.

seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *