Irlandeses do Movment lançam a intensa e alternativa faixa “Leave Me Alone”

Movment é uma banda de indie rock alternativo pós-punk da Irlanda formada por Martin Kelly (Vocais e Bateria) e Kevin Kelly (Guitarras, Baixo, Teclados, Sintetizadores e Programação), membros originais do Raw Novembre. A dupla acaba de lançar o novo single intitulado “Leave Me Alone”, a melodia intensa e sombria desta faixa é condizente com a trilha sonora de um vilão de filme de terror.
O duo que já tem 1 álbum, Broken Down, e 1 EP, Red Death Sessions, lançará seu segundo disco, “Transformation”, no dia 02 de dezembro de 2021, precedido pelos singles, Propaganda e Leave Me Alone. O Movment faz música há muito tempo. Sua abordagem sempre foi simples e direta. Eles usam todas as ferramentas disponíveis para inspirá-los. O ponto de partida é bateria, baixo e guitarra. Mas as novas tecnologias adicionam atmosfera e expõem suas idéias.
Eles são mais escuros do que claros, mais fortes do que fracos, mais diretos. Movment produz música rock alternativa crua, intensa, envolvente e real com guitarras, eletrônicos, baixo, bateria e experimentos com som. Embora guitarras e baixo sejam o coração de seu som, é difícil ignorar a eletrônica que se infiltrou no núcleo do Movment. Os movimentos são difíceis de definir e irão evoluir mais à medida que a música avança.

Existe uma divergência na sociedade. O novo álbum “Transformation”,  que será lançado em dezembro de 2021, explora essa situação. Somos bombardeados com informações, opiniões, pontos de vista e palavras. Afogamo-nos em ideias, em soluções, em propaganda. Precisa haver uma TRANSFORMAÇÃO de onde estamos agora.

 
Diego Fernandes Escrito por:

Bebedor desenfreado de café, Diego é desenvolvedor front-end e professor. É o fundador do Duofox. Na literatura não vive sem os russos Tolstói, Dostoiévski e Anton Tchekhov e consegue "perder" tempo com autores da terra do Tio Sam, Raymond Chandler e Melville. Acredita que a arte de maneira geral é a única forma de manter o ser humano pelo menos acordado, longe do limbo que pode levar a humanidade à Encruzilhada das Almas.

seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.