THE HELLACOPTERS lança novo álbum “Eyes Of Oblivion”

A banda sueca de rock n’ roll THE HELLACOPTERS lança hoje novo album “Eyes Of Oblivion” que marca a quebra de um hiato de 14 anos
Hoje a banda sueca de rock n’ roll The Hellacopters lança seu mais novo álbum “Eyes Of Oblivion”. No Brasil e na América Latina o álbum será lançado pela parceria Shinigami Records e Nuclear Blast Records. O primeiro álbum de inéditas em menos de 14 anos possui 10 novas músicas que parecem ser de uma banda que nunca esteve num hiato.

Então não deixe de clicar no link abaixo para ouvir o álbum inteiro em uma de suas plataformas digitais favoritas:

https://hellacopters.bfan.link/eyes-of-oblivion

Para comemorar esta data a banda preparou algo muito especial após o lançamento dos três singles anteriores. Seria a altamente contagiosa e animada “Tin Foil Soldier” para agora uma nova faceta deste sensacional álbum de retorno.

Confira o videoclipe para “Tin Foil Soldier” aqui: https://www.youtube.com/watch?v=1sfndnH5o9k&feature=youtu.be

SOBRE THE HELLACOPTERS:

THE HELLACOPTERS foi formado em 1994 por Nicke Andersson (vocais e guitarra), Dregen (guitarra), Kenny Håkansson (baixo) e Robert Eriksson (bateria). Naquele tempo Nicke era renomado na cena do metal com a banda muito conhecida chamada ENTOMBED e Dregen tinha uma reputação consagrada por ser o guitarrista e co-fundador da banda principal dele BACKYARD BABIES.

Ao lado de bandas como THE HIVES e THE BACKYARD BABIES, THE HELLACOPTERS são considerados uma das banda mais importantes e influentes da Suécia entre 1990 e 2000 e com isto conquistaram duas certificações de ouro como também venceram o Grammy Sueco e a mais alta premiação da Kerrang! . Hoje, no Mundo digital, eles tem o alcance de mais de 100 milhões de audições em todas as plataforma digitais e já marcaram presença em turnês com bandas como The Rolling Stones, Kiss, Black Sabbath, ZZ Top ou Foo Fighters. A banda tem sete álbuns em sua discografia partindo desde os mais influenciados pelo punk “Supershitty To The Max!” (1996) e “Payin’ The Dues” (1997) até os mais energéticos e cheio de rock n’ roll com uma vibração bem nostálgica como “Grande Rock” (1999), “High Visibility” (2000), “By The Grace Of God” (2002) e “Rock N’ Roll Is Dead” (2005). Uma coletânea de covers chamada “Head Off” foi lançada em 2008 e marcou também o início do hiato até decidirem acabar com a banda. A grupo também chegou a lançar quatro dúzias de singles, splits e EPs até hoje… muitos hoje são limitados e tem tratamento de vinil sendo eles 7 ou 10 polegadas e são para muitos colecionadores de vinil um grande sonho… ou o pior pesadelo.

THE HELLACOPTERS se reuniu em 2016 para fazer alguns shows comemorando o 20º aniversário de seu primeiro álbum e provaram para si mesmos serem uma força que não pode ser parada, tocando em festivais como Sweden Rock, Psycho Las Vegas, Download, Hellfest, Rokslide, IIosaarirock entre muitos outros. Em Outubro de 2021 eles anunciaram que assinaram um contrato com a Nuclear Blast Records e que o novo álbum estava sendo preparado para Outono de 2022. O primeiro single ”Reap A Hurricane” viu a luz do dia no dia 17 de Dezembro de 2021 e foi tocada ao vivo num show esgotado no Globen em Estocolmo no mesmo dia.

ICYMI:
“Reap a Hurricane” – OFFICIAL VIDEO – https://youtu.be/3ov4-AZLWDU
“Sorry I Could Die” – OFFICIAL VIDEO – https://youtu.be/Q3ZvPkQ2R_8
“Eyes Of Oblivion” – OFFICIAL VIDEO – https://youtu.be/wKIdi_ML3gg

Formação:
Nicke Andersson (vocais e guitarra)
Dregen (guitarra)
Kenny Håkansson (baixo)
Robert Eriksson (bateria)

Mais informações:
https://www.facebook.com/thehellacopters
https://www.instagram.com/thehellacopters/
https://thehellacopters.bandcamp.com/

Diego Fernandes Escrito por:

Bebedor desenfreado de café, Diego é desenvolvedor front-end e professor. É o fundador do Duofox. Na literatura não vive sem os russos Tolstói, Dostoiévski e Anton Tchekhov e consegue "perder" tempo com autores da terra do Tio Sam, Raymond Chandler e Melville. Acredita que a arte de maneira geral é a única forma de manter o ser humano pelo menos acordado, longe do limbo que pode levar a humanidade à Encruzilhada das Almas.

seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.