Zemer faz homenagem às mães na emotiva Girassol

A sabedoria e a afetividade materna transcendem o tempo e o espaço na relação mãe/filho. A conexão é eterna e o amor se faz presente e relevante até mesmo quando uma das partes já não está no plano terrestre. No Dia das Mães de 2022, a banda de rock alternativo Zemer faz uma homenagem em forma de música às mães que se foram e àquelas que poderão passar mais uma data ao lado do filho com a música e videoclipe de ‘Girassol’, mostrando que a sensibilidade desta relação jamais se acaba.

Assista ao videoclipe de Girassol aqui: https://youtu.be/9A74edIpcSc.

‘Girassol’ também está disponível no streaming: https://onerpm.link/357126812220.

‘Girassol’ ganha contornos ainda mais especiais ao compositor, o vocalista e guitarrista Emerson Lima Zemer – a letra é um tributo à sua mãe, Dona Márcia, que faleceu de câncer em 2015.

É uma conversa interna do Zemer com a sua mãe durante uma das constantes visitas ao cemitério onde está o túmulo de Márcia. Ela era apaixonada por Girassóis, inclusive ela aparece um uma foto no videoclipe com um prendedor de girassol na cabeça.

“É o jeito que encontrei de cuidar dela e de mim. Levo girassol, converso ela, um cuida do outro de forma espiritual. Sei que ela está cuidando de mim onde quer que esteja”, revela Zemer.

A sonoridade de ‘Girassol’ mostra a Zemer cada vez mais madura e consciente da sua marca autoral: um rock com peso e cadência e ambiência pop, que flerta com o pop punk e emocore. Paramore e Supercombo são algumas referências.

‘Girassol’ é a segunda música que Zemer escreve para sua mãe. A primeira é “Dama de Aço”, lançada em 2015 pela sua antiga banda, a Fuzzi. O clipe traz emocionantes depoimentos de mulheres que eram amigas de Márcia e conviveram com ela na luta contra o câncer.

O clipe de “Dama de Aço” estreou na época na TV Vanguarda, no programa Vanguarda MIX, em uma matéria especial do Dia das Mães.
A banda

Zemer é uma banda de rock de Pindamonhangaba, no Vale do Paraíba formada por Emerson Zemer, César Pelogia, Vinícius Vilela e Pablo Alves. O grupo nasceu em 2021, durante a pandemia, dentro do Estúdio Mokado, em Taubaté/SP.

No ano passado foram três lançamentos: o primeiro single “Vício Virtual” e, na sequência, “Notas Tortas” e “Gol Bola 98”.

A banda foi criada após um período em que Zemer tocou apenas voz e violão em bares no Vale, mas logo percebeu que algumas das composições demandavam e tinha energia de banda.
Ficha técnica do clipe

Produção Audiovisual: Studio Polvus
Direção: Tiago Valezi Veloso / Emerson Lima
Edição: Tiago Valezi Veloso / Emerson Lima
Fotos de Making Of: Pétala Castilho
Assistente Direção: Ramon Nazaré
Camarim e Alimentação: Erika Lima
Produção Musical: Bruno Mokado

Diego Fernandes Escrito por:

Bebedor desenfreado de café, Diego é desenvolvedor front-end e professor. É o fundador do Duofox. Na literatura não vive sem os russos Tolstói, Dostoiévski e Anton Tchekhov e consegue "perder" tempo com autores da terra do Tio Sam, Raymond Chandler e Melville. Acredita que a arte de maneira geral é a única forma de manter o ser humano pelo menos acordado, longe do limbo que pode levar a humanidade à Encruzilhada das Almas.

seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.