Deaf Kids, Hierofante, Sujeito a Lixo no Raro Zine Fest, colocando a Casa Auá abaixo

Sujeito a lixo

Mais um dia chuvoso, deste dezembro nublado, cinza, meio Seattle. A chuva não deu trégua e o som também não. Quem abre o jogo do Raro Zine Fest é o Hierofante de São Paulo, formado por 2/3 do Deaf Kids e 1/4 do Rakta, psicodélico, bonito e experimental.Som de chorar sem lenço. Perfeito.

Hierofante

Na sequência, os atibaienses do Sujeito a Lixo, com Thrashcore bonito, 2 vocais, Dimebag atibaiense (empunhando uma Dean linda), com um baterista que é o Midas da cena SP, é impossível não acertar. Conhecemos os caras há mais de 15 anos. Ver o Sujeito a Lixo, dispensa comentários, é como se pagasse a entrada para um filme, que você já sabe que é excepcional. Só entrar na dança e ouvir tudo caindo, incrível.

Sujeito a Lixo

Terceira banda da noite, Deaf Kids, é terceira vez que vimos este trio de Volta Redonda(RJ), neste ano. Pesadíssimo, com sonoridade peculiar, 3 pedais de delay, em alguns momentos, bate aquela saudade de ouvir o The Mind Is a Terrible Thing to Taste do Ministry, bonito para caramba.

Deaf Kids

Sickymind veio com Heavy tradicional, muito bem tocado. Vocais bem afinados e som coeso.

Sickymind

Deskraus, o show com a vibe mais positiva da noite, imbatível.Fabiana Ramos a frontwoman mais descolada da região, derrubou tudo com o vocal grave, característica marcante do Deskraus. Fernando, Alessandro e Li Passos, despedaçando tudo como um tanque de guerra. Apresentação mais bonita da noite, com os amigos, com uma chuva esplendorosa e bandas incríveis, mais uma vez parabenizamos o Raro Zine e as bandas, pelo evento.

Deskraus

Diego Fernandes Escrito por:

Bebedor desenfreado de café e averso a picanha, Diego é desenvolvedor front-end e professor. É o fundador do Duofox. Na literatura não vive sem os russos Dostoiévski e Anton Tchekhov e consegue "perder" tempo com autores da terra do Tio Sam, Raymond Chandler e Melville. Acredita que a arte de maneira geral é a única forma de manter o ser humano pelo menos acordado, longe do limbo que pode levar a humanidade à Encruzilhada das Almas.

seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *