Fogo Corredor: folclore ao som de rock e maracatu

Quem admira a cultura brasileira, seja na música e/ou no folclore, vai se identificar com ‘Lendas’, novo single da banda Fogo Corredor com sua mistura única, que vai do baque do maracatu ao rock and roll.

O lançamento de ‘Lendas’ é o primeiro pelo selo Orangeira Music. Ouça aqui: https://found.ee/lendas-fogo-corredor.

A música faz uma alusão a personagens do folclore brasileiro com uma sonoridade autêntica e repleta de referências e por causa desta peculiaridade pujante que a Fogo Corredor é recorrente nestes 10 anos de carreira em rádios FM de São Paulo, como 89 e Kiss.

James Santana, vocalista e guitarrista da Fogo, conta que a série nacional sobre popularização do folclore brasileiro, Cidade Invisível (criada pelo renomado cineasta Carlos Saldanha, de Rio, A Era do Gelo, um sucesso na Netflix), foi importante fonte de inspiração para ‘Lendas’.

A ideia de falar do folclore brasileiro, aliás, está na banda desde o início e o nome ‘Fogo Corredor’ não é à toa – remete à lenda da Mula sem Cabeça.

Banda Fogo Corredor
Dez anos de apresentações musicais pelo Brasil, proporcionaram experiências que levaram a banda Fogo Corredor a dar início aos trabalhos autorais. Entre um show e outro, foi possível construir uma trajetória eclética, com ênfase para a importância da consciência humana, social e política.

Por trás da rotina de um povo resiliente, está a inspiração para compor. O anseio por cultura, igualdade, justiça, liberdade e amor, se alia à paixão em misturar o rock com algumas referências musicais da cultura popular brasileira: baião, coco, ciranda, funk, hip hop, samba, maracatu e reggae.

Tanto as críticas sociais, quanto às expressões culturais e artísticas, pulsam nas veias dos seis integrantes da banda: Ana Bertozzo (backing vocal e percussionista); Deivid Silva (percussionista); James Santana (vocalista e guitarrista); Renê Garrido (guitarrista); Rodrigo Figurinha (baixista) e Will Bertoldo (baterista).

Cada músico transmite uma energia singular que se intensifica no palco. O encanto das apresentações ganha força quando o público entende a principal finalidade da banda: levar uma mensagem de união, de dignidade e de respeito humano. Essa é a família Fogo Corredor.

Diego Fernandes Escrito por:

Bebedor desenfreado de café e averso a picanha, Diego é desenvolvedor front-end e professor. É o fundador do Duofox. Na literatura não vive sem os russos Dostoiévski e Anton Tchekhov e consegue "perder" tempo com autores da terra do Tio Sam, Raymond Chandler e Melville. Acredita que a arte de maneira geral é a única forma de manter o ser humano pelo menos acordado, longe do limbo que pode levar a humanidade à Encruzilhada das Almas.

seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *