Marchioretto – Um Dia A Gente Esquece Tudo Isso

Com violão em punho, a energia de um garoto inquieto de Pirituba-SP de 16 anos e com dois álbuns (“No One To Leave You” e “Bandeja”), alguns EPs e singles, todos gravados de forma caseira em seu quarto. Marchioretto analisa os fantasmas de erros passados que voltam para assombrar quando tudo está quieto.

Cuspindo seus sentimentos sem pudor algum: a descoberta do amor, a insegurança, o medo de ser usado, a raiva, sem nunca cismar ser taxado de inocente. Sua sonoridade é inspirada no pop punk do Knuckle Puck, no emo do Mineral e no rock triste do LVCASU.”“Um Dia A Gente Esquece Tudo Isso” é seu terceiro EP, com influências do Eliminadorzinho, Theuzitz e Title Fight.

O que há de muito massa no som do Marchioretto, é uma vibe emocore, Cap’n Jazz, Againe, Polara e até o Albertinho dos Reys. Tudo isso apenas com um violão, confiram o som, vale à pena!

O Ep do Marchioretto – Um Dia A Gente Esquece Tudo Isso, gravado e mixado por Marchioretto, na sala de sua casa.Foi lançado pelo coletivo Pessoa que Voa, localizado na cidade de São Paulo, que busca incentivar a produção artística fora do grande centro.

Diego Fernandes Escrito por:

Bebedor desenfreado de café e averso a picanha, Diego é desenvolvedor front-end e professor. É o fundador do Duofox. Na literatura não vive sem os russos Dostoiévski e Anton Tchekhov e consegue "perder" tempo com autores da terra do Tio Sam, Raymond Chandler e Melville. Acredita que a arte de maneira geral é a única forma de manter o ser humano pelo menos acordado, longe do limbo que pode levar a humanidade à Encruzilhada das Almas.

seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *