Punk Rock sujo e solitário do Espírito Santo: Novo EP da monobanda capixaba The Solitaryman Monoband

Dia 19 de setembro a monobanda capixaba The Solitaryman Monoband,(Cacá Côgo) lançou seu novo EP. São 07 faixas de um punk rock sujo, distorcido e desafinado.

O EP conta com 2 participações especiais: Mário Mariones da banda Garrafa Vazia(SP) e Letícia Píres da banda A Creche(SP). Além de uma composição do músico Cezar Marco.

The Solitaryman Monoband é um projeto monobanda do músico Cacá Côgo. Que é conhecido no underground nacional por produzir conteúdo para internet como sessions semanais, lives, bate-papos com artistas conhecidos na cena independente, clipes, etc, tudo na base da “gambiarra”, seguindo a máxima punk: Do it yourself, seja gravando vídeos com o celular, criando e adaptando seu próprio equipamento, dentre outras coisas.

Dessa vez o The Solitaryman Monoband pra não se sentir tão solitário, convidou para a captação do áudio e produção do novo EP, o músico e produtor Alex Mesquita, mas conhecido como Japa e o músico e produtor Marcos Tadeu para a mix e master. Amigos e figuras carimbadas da cena independente capixaba.

Foi lançado junto com EP, o lyric vídeo da faixa “O que falta acontecer?”, disponível no canal oficial.(youtube.com/thesolitaryoficial).

Além do lançamento digital nas principais plataformas digitais, em breve haverá o lançamento físico, que serão distribuídos pelo selo pernambucano Velho Rabugento e pelo Coletivo D’Outro Lado(SP).

Onde ouvir:
Spotify: https://open.spotify.com/album/7uBDPBrGXP7fJ3vnDKfLCn?si=MbBfUrTyQJSb44ED_1QqGQ&dl_branch=18lkbifJjj80d35o8ulkDrXFQa3l86sSWUsfXTsC442Mkv2ciCCCM8mQm3VQkjBfeo01SY8QjIO0Zvp1CDvxBFKp9oCin2i0E

BandCamp: https://thesolitarymanmonoband.bandcamp.com/album/the-solitaryman-monoband

Youtube – Lyric Vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=WqryPlkb9AE

Redes sociais:
Instagram: https://www.instagram.com/thesolitaryman_monoband/
Facebook: https://www.facebook.com/thesolitaryman.monoband

Diego Fernandes Escrito por:

Bebedor desenfreado de café, Diego é desenvolvedor front-end e professor. É o fundador do Duofox. Na literatura não vive sem os russos Tolstói, Dostoiévski e Anton Tchekhov e consegue "perder" tempo com autores da terra do Tio Sam, Raymond Chandler e Melville. Acredita que a arte de maneira geral é a única forma de manter o ser humano pelo menos acordado, longe do limbo que pode levar a humanidade à Encruzilhada das Almas.

seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.