Ana Luísa Ramos faz mergulho pessoal no segundo disco, “Amanheceu”

Após estrear com o disco “Um”, colaborar com Eric Taylor Escudero no duo Ana & Eric e colaborar em álbuns de diversos artistas, a cantora Ana Luísa Ramos retorna para si no segundo trabalho, “Amanheceu”. Radicada no Canadá, a artista lança pela gravadora The Citadel House e canta, pela primeira vez, suas próprias composições.

Ouça “Amanheceu”: https://ffm.to/ana_amanheceu

O disco foi antecipado pelo single “Céu Azul”, uma bossa de olhar otimista. Ela dá o tom para a delicadeza da sonoridade de Ana Luísa enquanto dialoga sobre questões pessoais de fácil identificação e seu próprio lugar no mundo. A artista marca esse novo momento gravando suas primeiras canções autorais, além de incluir composições de seu parceiro Eric Taylor Escudero.  O álbum mistura bossa nova, folk e indie, com letras em português e inglês, mostrando as diferentes facetas e diversas influências que compõem o trabalho de Ana Luísa, fazendo pontes de Kings of Convenience a Rodrigo Amarante, de Ólafur Arnalds a Tom Jobim.

Assista ao lyric video “Céu Azul”: https://youtu.be/MsxWwEUMnjE 

“‘Amanheceu’ é meu segundo álbum solo e o primeiro com parte das canções sendo autorais, o que é um marco na minha carreira. Tem sido uma alegria me descobrir como compositora nos últimos anos e o ‘Amanheceu’ é o início dessa nova jornada. É um álbum sobre relacionamentos, sobre a natureza e a nossa conexão com o mundo”, resume Ana Luísa.

Natural de Ribeirão Preto (SP), ela começou a cantar ainda criança no Coral Infantil da Cia Minaz e fez seu debut com a Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto aos 14 anos. No início de sua carreira, Ana participou de diversas óperas, musicais, concertos e cantatas. Em 2007, integrou o Coral Jovem do Estado de São Paulo e em 2009 ganhou o primeiro lugar no Concurso Jovens Talentos – categoria voz, do Festival Eleazar de Carvalho. Nas últimas duas décadas, Ana Luísa Ramos tem dividido a sua carreira entre os mundos lírico e popular, e excursionou nas Américas e Europa.

Licenciada em Educação Musical, estudou canto no Brasil, Canadá, Argentina e Áustria. Em sua trajetória gravou mais de 15 álbuns e EPs para diferentes projetos. Em 2016 lançou seu primeiro álbum solo, “Um”. Nos últimos anos, Ana tem focado em sua carreira autoral e em seu duo com Eric Taylor Escudero. 

Desde de 2019, Ana Luísa Ramos reside em St. John’s, no Canadá, e recentemente assinou com a gravadora canadense The Citadel House, que lança seu novo álbum. “Amanheceu” está nas principais plataformas de streaming.

Ouça “Amanheceu”: https://ffm.to/ana_amanheceu

Tracklist:

1. Amanheceu (Ana Luísa Ramos)
2. Céu Azul (Eric Taylor Escudero)
3. Minha Canção (Ana Luísa Ramos)
4. Vento Mar (Eric Taylor Escudero/ Vasco M. N. Pereira)
5. Cold Summer (Ana Luísa Ramos)
6. Untitled (Ana Luísa Ramos)
7. All We Could Have Been (Eric Taylor Escudero)
8. A Mais Bela (Ana Luísa Ramos)
9. A Eternidade (Eric Taylor Escudero)
10. Canção Para Pedro Perreps (Ana Luísa Ramos/ Eric Taylor Escudero)

Ficha técnica

Voz: Ana Luísa Ramos
Violão: Eric Taylor Escudero (2, 3, 4, 7, 8, 9, 10), Bruno Zibordi (1)
Baixo: Bruno Zibordi (1, 2, 3, 6, 7, 8, 9), Beto Grangeia (5)
Contrabaixo: Neymar Dias (4)
Piano, Bandolim e Sintetizadores: Bruno Zibordi
Acordeon: Sérgio Saraiva
Violino: Thais Morais
Percussão: Clóvis Badari
Bateria: Marcus Cesar (4)
Arranjado, produzido e mixado por Bruno Zibordi
Masterizado por Dean Stairs
Designer gráfico: Tammy Maat
Fotos: Lindsay J Ralph
Assessoria Brasil: Build Up Media
Assessoria Canadá: Bad Parade
Social Media: The Donna Network
Vídeos: Beatriz Baldan

Diego Fernandes Escrito por:

Bebedor desenfreado de café, Diego é desenvolvedor front-end e professor. É o fundador do Duofox. Na literatura não vive sem os russos Tolstói, Dostoiévski e Anton Tchekhov e consegue "perder" tempo com autores da terra do Tio Sam, Raymond Chandler e Melville. Acredita que a arte de maneira geral é a única forma de manter o ser humano pelo menos acordado, longe do limbo que pode levar a humanidade à Encruzilhada das Almas.

seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.