Banda inglesa de MPB Soma Soma celebra os reencontros e o amor familiar no clipe “Ô Meu Pai”

Do sudoeste da Inglaterra surge a Soma Soma, uma big band que usa como base de seu som a música brasileira. Com 10 anos de história e um EP e um álbum na bagagem, eles se preparam para lançar seu novo disco “Água Viva”. O projeto é antecipado pelo emocional single “Ô Meu Pai”, que fala da saudade das pessoas amadas e os encontros e reencontros tão sonhados nesses tempos complicados.

Assista a “Ô Meu Pai”: https://youtu.be/x4rTvfz0F-w
Ouça “Ô Meu Pai”: https://ampl.ink/nROaY

A banda é liderada pelo vocalista e guitarrista Artur Tixiliski, brasileiro radicado na Inglaterra desde seus 16 anos. Ele compôs a música pensando na saudade que tinha de seu pai, que vive no Brasil, e percebendo as mudanças das dinâmicas familiares, uma vez que já estão separados há mais de 17 anos.

“Muitas vezes eu prefiro expressar meus sentimentos de uma maneira mais abstrata. Não sou um liricista nato e por isso às vezes prefiro me expor a nível instrumental apenas. Apesar da minha relação com meu pai ser bastante saudável, como conta parte da letra, nós temos nossas diferenças, e nossas desavenças são retratadas na parte instrumental logo após o refrão”, conta Artur. 

Em janeiro do ano passado, enquanto visitava o Brasil antes da crise sanitária, Artur decidiu surpreender seu pai o convidando para participar de um clipe. E foi só no meio das filmagens que descobriu que a música era dedicada a ele. O vídeo mostra essa cumplicidade e saudade como registros familiares e ganhou esse lançamento próximo do Dia dos Pais no Brasil para aproximar a mensagem do público.

“Esse single representa a resiliência e em um momento delicado como o que estamos vivendo pelo mundo, talvez seja o mais interessante para lançarmos essa canção. Com tantas pessoas perdendo seus entes queridos,  esperamos que ‘Ô Meu Pai’ possa trazer um alívio às dores, como uma oração”, explica Tixiliski.

Com canções de saudade, amor e nostalgia, o novo álbum da Soma Soma será lançado em breve. O primeiro single e faixa de abertura “Ô Meu Pai” pode ser ouvido em todos os serviços de música digital, em um lançamento do selo inglês Mintaka Records.

Assista a “Ô Meu Pai”: https://youtu.be/x4rTvfz0F-w
Ouça “Ô Meu Pai”: https://ampl.ink/nROaY

Ficha Técnica:

Artur Tixiliski – Guitarra e Vocal
Jonny Pryor – Guitarra
Oli Mason – Bateria
Bridget Schurch – Percussão
Stevie Dooley – Baixo
Rory McPhearson – Sax
Piers Tamplin – Sax
Danny Wallington – Piano
Produção e Mixagem: Bear Bond
Materização: Jack McCutcheon
Camila Kogut – Co-Direção
Leonardo Silva – Co-Direção/ Fotografia
Assistente de câmera: Juliano Iskandar
Montagem e Cor: André Alburquerque

Diego Fernandes Escrito por:

Bebedor desenfreado de café, Diego é desenvolvedor front-end e professor. É o fundador do Duofox. Na literatura não vive sem os russos Tolstói, Dostoiévski e Anton Tchekhov e consegue "perder" tempo com autores da terra do Tio Sam, Raymond Chandler e Melville. Acredita que a arte de maneira geral é a única forma de manter o ser humano pelo menos acordado, longe do limbo que pode levar a humanidade à Encruzilhada das Almas.

seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.