Conheça a banda Clandestinas e sua luta com todas as formas de opressão

A banda Clandestinas surgiu, em 2017, da necessidade de se fazer ouvida em seus questionamentos sobre padrões de gênero e sexualidade, utilizando a música como ferramenta de luta. Nós, Clandestinas, existimos e junto com todas as mulheres, continuaremos incomodando gritando arte e luta.

Com as nossas músicas, os nossos corpos e com os nossos afetos, combatemos o machismo, o patriarcado, o racismo, a LGBTfobia e todas as várias formas de opressões estruturais.As 13 canções sinalizam um caminho e quem o percorre vai, aos poucos, conhecendo melhor a banda Clandestinas, suas bandeiras de luta e seu modo de fazer arte. Este é um álbum conceitual e algumas paisagens podem ser reconhecidas ao longo da travessia.

Vozes ecoando inquietações feministas numa perspectiva interseccional, dores, abusos e denúncias por uma sociedade mais justa, formas de amar fora dos padrões hetero-cis-normativos, gritos de luta e resistência. E como a jornada é transformadora, os passos de quem a aprecia vão construindo, de forma autônoma, suas próprias veredas libertadoras.

clandestinas
Ficha técnica:
lançado no dia 22 de maio de 2020
CLANDESTINAS | rock & luta | FEMINISTA & LGBT
Alline Lola (guitarra & voz)
Camila Godoi (contrabaixo & voz)
Natalia Benite (bateria & voz)

Participações especiais:
Aline Maria
Luana Hansen
Mariah DuarteProdução artística e mixagem:
Marianne Crestani
Engenharia de som, mixagem e masterização:
Helena Duarte

Artes do álbum e do nosso logotipo: Emilia Santos

gravado no estúdio Mestre Felino nos dias 7, 8, 9, 10 e 15 de fevereiro de 2020.

1 – playlist, no YouTube, com o nosso álbum:
https://www.youtube.com/playlist?list=PLiW6bhjR3IibmM46KdPTYqWVUfKwsO0j2

2 – plalylist, no YouTube, com o nosso show no SESC
https://www.youtube.com/playlist?list=PLiW6bhjR3IiYMA5v5_sUbkNjCHOd-XVgo

3 – lyric vídeo, canção “Rotina”
https://www.youtube.com/watch?v=TL4FZr2hexU


Onde nos encontrar:

e-mail: bandaclandestinas@gmail.com
Instagram: @bandaclandestinas
Facebook: @bandaclandestinas
Twitter: @b_clandestinas
YouTube: CLANDESTINAS

 
 
 
Diego Fernandes Escrito por:

Bebedor desenfreado de café e averso a picanha, Diego é desenvolvedor front-end e professor. É o fundador do Duofox. Na literatura não vive sem os russos Dostoiévski e Anton Tchekhov e consegue "perder" tempo com autores da terra do Tio Sam, Raymond Chandler e Melville. Acredita que a arte de maneira geral é a única forma de manter o ser humano pelo menos acordado, longe do limbo que pode levar a humanidade à Encruzilhada das Almas.

seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *