Gravado na pandemia, Amaro Mann lança novo EP intitulado “Refúgio”

Com muito digital reggae, o novo EP de Amaro Mann, projeto solo do músico paraibano Leo Marinho, foi gravado durante a pandemia da Covid-19 e conta com os sucessos “Mergulho em La Herradura”, “Coisa boa dub”, “A Cura” e “Tarde em Macaco Beach” (ouça no seu streaming favorito).

Foi ao longo da pandemia da Covid-19 que Amaro Mann, projeto solo do músico e produtor paraibano Leo Marinho, focou em produzir algo novo, voltado a tornar o isolamento social mais leve e menos caótico.

Mas o “Refúgio”, título estrategicamente escolhido pelo músico, não é só para quem escolhe desacelerar, em meio aos dias difíceis: ele também representa uma válvula de escape utilizada pelo artista para si mesmo, que enxerga a arte como uma das principais salvações em períodos sombrios, sendo ferramenta de luta, esperança e alívio.
 
E é nesse contexto que o novo EP “Refúgio” é lançado, contando com 4 faixas marcantes, com destaque para Mergulho em La Herradura, single lançado no início de abril e já bastante tocado nas principais plataformas de músicas do mundo.

Lançado com o selo virtual Hominis Canidae REC, o álbum destaca-se também pela alta qualidade sonora, sendo a junção de elementos utilizados na criação do som um grande diferencial: Tem guitarra, baixo, sintetizadores, programações, samplers e até escaleta, instrumento bastante usual no reggae, caracterizado por um timbre agradável de ouvir.

Além de todo um arranjo diferenciado, o EP também conta com uma versão Dub de um single produzido por Amaro Mann em 2020 com o cantor Potiguar Zé Caxangá, um dos músicos mais atuantes do cenário musical potiguar, com passagem por projetos como Luísa e os Alquimistas, Orquestra Greiosa, Angela Castro e Buena Onda.

Composto e produzido por Amaro Mann, “Refúgio” (ouça no spotify, Deezer, Apple Music) é uma excelente pedida para quem quer fugir um pouco do barulho externo e sentir-se imerso à um som que tranquiliza e relaxa, sem deixar de ser instigante e dançante: “Quem trabalha com música está tendo que se desdobrar para continuar ativo, procurando por editais, criações colaborativas e outras formas de criar e vender seu trabalho. Para mim, “Refúgio” representa a resiliência da categoria, é entrega, é amor, tranquilidade, paz e espiritualidade. Espero que seja tudo isso e muito mais para quem o ouvir, proporcionando momentos de alegria e do mais puro descanso”, relata Amaro Mann.

A masterização do EP “Refúgio” é de Adriano Leão, do estúdio Casa do Kaos e a capa é criação do Filosofino.

SOBRE AMARO MANN

Amaro Mann é um projeto solo do músico e produtor Leo Marinho, conhecido também como integrante das bandas, Mar di Fuego, Cabruêra e Burro Morto. O projeto Amaro Mann começou no ano de 2017, quando Leo Marinho, apaixonado pela junção das várias vertentes do reggae, resolveu criar experimentos criativos, resultando no Reggae Digital, uma mistura viva e relaxante de várias vertentes do reggae, unindo instrumentos orgânicos com eletrônicos. O músico também é integrante do grupo Orijàh se unindo aos beatmaker Big Jesi, o Mc Filosofino e o VJ e videomaker Rieg, resultado que trafega entre o reggae digital e o RAP.

Em 2020, no contexto de pandemia da Covid-19, Amaro Mann deu início à produção do EP “Refúgio”, onde traduziu com swing e leveza a necessidade de fugir um pouco do turbilhão de informações trágicas e se entregar à quarta arte na segurança da própria casa, relaxando no sofá da sala e sentindo cada batida.
 

Diego Fernandes Escrito por:

Bebedor desenfreado de café e averso a picanha, Diego é desenvolvedor front-end e professor. É o fundador do Duofox. Na literatura não vive sem os russos Dostoiévski e Anton Tchekhov e consegue "perder" tempo com autores da terra do Tio Sam, Raymond Chandler e Melville. Acredita que a arte de maneira geral é a única forma de manter o ser humano pelo menos acordado, longe do limbo que pode levar a humanidade à Encruzilhada das Almas.

seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *