Manttra Lança Um Lugar no Cerrado

O último lançamento do grupo foi o single “Um lugar no Cerrado”, um punk-rock  espertinho e eletrizante sobre cair na estrada. Nesta música, Manttra, em sua viagem pelo  Centro-Oeste, exorciza o amor romântico com os versos: “Tudo que disse era mentira, para  acabar com meu coração. Sonhos tristes, palavras vazias, seu olhar é só traição”. 

A guitarra dá o tom desta viagem sonora. Quem tiver bom ouvido, vai perceber  também que o baixo faz homenagem a um grande clássico oitentista do RPM. Já nos  rudimentos, Cau Delvechio cria uma ambiência agressiva e ao mesmo tempo divertida. 

Segundo a banda: “Um lugar no cerrado” é um convite a todos que buscam uma  viagem de transformação, uma viagem que acontece a partir de uma estrada qualquer do  mundo, mas que também acontece dentro do espírito humano e seus labirintos.” 

No caso desta música, a viagem é para a Chapada dos Veadeiros (GO), um lugar no  cerrado, um lugar cheio de natureza profunda, cheio de mistérios e energias cabulosas. 

Vá à cidadezinha de São Jorge (GO), vá a Alto Paraíso (GO), e quando for, para  entender o que rola, vá escutando o rock da banda Manttra. 

Ouça Manttra- “Um Lugar no Cerrado” 

Sobre Manttra 

A Manttra (Brasília – DF) iniciou suas atividades em 2018 e, bebendo direto do DNA do  rock brasiliense, busca aliar lirismo e liberdade para criar uma atmosfera sonora aberta a  representação do mundo contemporâneo. 

O discurso e som se unem como uma viagem complexa alimentada pelas referências  musicais dos 3 integrantes, todos trintões e órfãos do caldo cultural dos anos 1990. 

A produção da banda é recente e conta com 4 singles, todos produzidos e lançados de  forma independente: Cachorro do Mato (2019); Adeus Brasília (2020); Noites dos Sonhos (2020)  e Um Lugar no Cerrado (2021). 

Atualmente, a banda está gravando as canções que vão compor o “A Viagem de Ulisses”,  primeiro álbum de estúdio do grupo, que deverá ser lançado em 2022.

Formação 
Manttra é: 
Leonardo Neves – Vocal e Guitarra 
Luiz Gusmão – Baixo 
Cau Delvechio – Bateria 

Diego Fernandes Escrito por:

Bebedor desenfreado de café e averso a picanha, Diego é desenvolvedor front-end e professor. É o fundador do Duofox. Na literatura não vive sem os russos Dostoiévski e Anton Tchekhov e consegue "perder" tempo com autores da terra do Tio Sam, Raymond Chandler e Melville. Acredita que a arte de maneira geral é a única forma de manter o ser humano pelo menos acordado, longe do limbo que pode levar a humanidade à Encruzilhada das Almas.

2 Comentários

  1. Paloma
    maio 21, 2021
    Responder

    Que legal!! Gosto bastante do som da banda. Parabéns pela matéria!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *