Sturle Dagsland, da Noruega, lança 4º e último single antes do álbum de estreia

Antes do aguardado primeiro disco full do multifacetado Sturle Dagsland, um dos principais nomes da música indie da Noruega na atualidade, chega às plataformas digitais o single ‘Dreaming’. É a quarta canção que o artista lançou desde meados do ano passado, com promoção no Brasil via Brain Productions Booking.

Ouça a atmosférica e tranquila ‘Dreaming’ aqui: https://rebrand.ly/sturledagsland-dreaming. O disco, com 11 músicas, chega ao streaming e também em vinil no dia 5 de fevereiro.

‘Dreaming’ flerta com ambientações etéreas, mas composta por diversas camadas sonoras – a experimentação é uma marca bastante peculiar de Sturle. Nesta faixa, o norueguês posta sua voz de forma introspectiva, que é envolvida gradativamente entre diversos sons e uma delicada guitarra acústica.

Enquanto os singles anteriores, como ‘Kusanagi’ e ‘Waif’, destacam sonoridades e influências que rementem à etnicidade e ancestralidade, ‘Dreaming’ é linear em sua serenidade e envolta numa ambientação moderna.

Sturle conta que as primeiras ideias de ‘Dreaming’ nasceram em frente a um farol, em uma noite numa ilha pouco povoada, localizada no mar do Norte (mar do oceano Atlântico, situado entre as costas da Noruega e da Dinamarca).

“Enquanto escrevia os primeiros esboços da música, experimentamos distintas combinações de instrumentos orquestrados, da família dos metais, madeira e cordas, junto a flautas da América do Sul, guitarras suaves e uma subjacente atmosfera que remete a uma paisagem sonora”, conta Sturle.

Sobre Sturle Dagsland: com influências de música contemporânea a melodias ancestrais do seu país natal, com incursão de elementos eletrônicos, guitarras post rock, indie, percussão e muito psicodelismo, Sturle Dagsland é uma joia rara no cenário musical mundial. Björk, Sunn O))), Swans e Sígur Ros com respectivos experimentos e misturas, ajudam a referenciar o trabalho incomparável e minucioso dos noruegueses.

Diferentes vocalizações e o uso de instrumentos típicos de diversas partes do mundo, especialmente da música tradicional da Noruega, moldam a proposta de Sturle, que toca ao lado do irmão, Sjur. Ele canta em diversos momentos com a garganta, produzindo um som absolutamente único, enigmático, primal, com uma aveludada rusticidade.

O que a mídia já falou sobre Sturle Dagsland

“Indescritível!” VICE
“Música na sua forma mais crua… é a afirmação da vida” LOUDER THAN WAR
“Diferente de tudo que já ouvi” THE QUIETUS
“Encantador!” THE NEEDLE DROP
“Extraordinária performance de guturais” THE INDEPENDENT

Sturle Dagsland nas redes
facebook.com/sturledagsland
instagram.com/sturledagsland
youtube.com/sturledagsland

Diego Fernandes Escrito por:

Bebedor desenfreado de café, Diego é desenvolvedor front-end e professor. É o fundador do Duofox. Na literatura não vive sem os russos Tolstói, Dostoiévski e Anton Tchekhov e consegue "perder" tempo com autores da terra do Tio Sam, Raymond Chandler e Melville. Acredita que a arte de maneira geral é a única forma de manter o ser humano pelo menos acordado, longe do limbo que pode levar a humanidade à Encruzilhada das Almas.

seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.