Banda Branco Ou Tinto lança videoclipe “Passageiro Aprendiz”

Formado em 2007 em Cuiabá, o trio de rock Branco Ou Tinto estabeleceu-se em São Paulo integrado por Jimi Moraes (vocal e guitarra), Brunno Negrão (bateria) e Welton Chigeta (baixo). No ano de sua fundação, a banda lançou o EP autoral “Simbiose”, composto por três faixas e com produção de Bruno Kayapy, do Macaco Bong.

Em seguida, o grupo foi indicado ao Prêmio Dynamite, em 2008, como “Banda Revelação Nacional”, lançou – em 2009 – o videoclipe de “Confissão Sem Culpa”, ganhador do  prêmio de “Melhor Videoclipe” no Festival de Cinema e Vídeo do Mato Grosso e, ainda, surgiu em 2010 com o clipe de “Presente de Grego”, estreando nos canais MTV Brasil, MTV Reino Unido, MTV Asia e VH1 Brasil no ano seguinte.   

Distanciando-se do grunge para aproximar-se do rock clássico, Branco Ou Tinto investiu em “Brindando Com o Diabo”, single de 2013, com participação especial da monobanda O Lendário Chucrobillyman e – no mesmo ano – deu vida ao disco inaugural “50 Segundos”, trabalho permeado por dez faixas inéditas e viscerais.

No mesmo período, o trio se apresentou nas principais casas de música independente de SP e MT e, consequentemente, em festivais como Virada Cultural e Virada Inclusiva. 

Sete anos mais tarde, em junho de 2020, a banda resistiu às trevas pandêmicas e, valendo-se de maturidade criativa, surgiu com “Passageiro Aprendiz”, seu segundo álbum inteiriço, produzido, mixado e masterizado por Tchucka Jr.

Viabilizado pela soma de forças do Aero Studio e da Perro Borracho Produtora, o disco tem oito músicas, sendo que a faixa-título teve seu videoclipe dirigido por Igor Almeida, contando com João Masini como assistente de direção.

Em um dos versos da canção, Jimi Moraes brada “Porque nunca há de faltar saúde para lutar”, no clipe em que luzes e sombras aludem aos descompassos internos intensificados após o sombrio 2020.

Com a capa do novo disco assinada pela própria banda, Branco Ou Tinto volta a abraçar a sonoridade da década de 90 e, mais ainda, contribui com poesia, alento e cura musical para o momento áspero que todos enfrentamos.    

Videoclipe “Passageiro Aprendiz”https://youtu.be/bZ32VecGgns

Diego Fernandes Escrito por:

Bebedor desenfreado de café e averso a picanha, Diego é desenvolvedor front-end e professor. É o fundador do Duofox. Na literatura não vive sem os russos Dostoiévski e Anton Tchekhov e consegue "perder" tempo com autores da terra do Tio Sam, Raymond Chandler e Melville. Acredita que a arte de maneira geral é a única forma de manter o ser humano pelo menos acordado, longe do limbo que pode levar a humanidade à Encruzilhada das Almas.

seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *