Os olhos mortos da lei de Fábio Siqueira do Amaral

 

Fabio Siqueira do Amaral traz à tona com o seu novo título,Os olhos mortos da lei, nosso atual cenário político e social.Repleto de desigualdade, injustiças e roubalheiras.Sob uma ótica caleidoscópica, vislumbra por outro ângulo, a justiça em nosso país.  

O livro começa com a chacina da “gangue do pó”, um grupo de amigos é brutalmente assassinado em uma festa particular, Roderico, líder da gangue e filho de um importante político, fica consternado com a notícia. E aí vem uma torrente de acontecimentos, justiça com as próprias mãos, corrupção nos autos de cada poder: executivo, legislativo e judiciário.Este é o mote dos Olhos mortos da lei.

Um romance policial com violência e requintes de crueldade, daqueles encontrados em clássicos pulp. E também um personagem do livro Fascínio do mal, é resgatado  e torna-se peça-chave neste romance, Geraldo Reis, policial do tipo linha dura e seguidor da lei, é inserido no contexto da história.

Aliás é uma trama toda interligada com drones, implantes de ship no cérebro, organizações secretas, ninjas, vários personagens em diferentes contextos, que só agregam na intertextualidade do romance.Os olhos mortos da lei de Fábio Siqueira do Amaral, possui 450 páginas que valem a pena, fica a dica de leitura.

Para adquirir o livro, Os olhos mortos da lei,  entrar em contato com Fábio Siqueira do Amaral através do E-mail

Diego Fernandes Escrito por:

Bebedor desenfreado de café e averso a picanha, Diego é desenvolvedor front-end e professor. É o fundador do Duofox. Na literatura não vive sem os russos Dostoiévski e Anton Tchekhov e consegue "perder" tempo com autores da terra do Tio Sam, Raymond Chandler e Melville. Acredita que a arte de maneira geral é a única forma de manter o ser humano pelo menos acordado, longe do limbo que pode levar a humanidade à Encruzilhada das Almas.

seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *