#Abutres​ não ouvem jazz – EP50 – Episódio especial

 

 

Como poderíamos chegar ao episódio de número 50 do abutres, sem agradecer a galera que curti e está acompanhando o nosso trio?

Pois é, com vários imprevistos, reuniões furadas e que aconteciam de forma improvisada por conta de uma pandemia e conexões de internet pífias, fomos caminhando.

Um episódio aqui, outro ali, discussões sobre novos temas e a busca maluca por mais parceiros que aos poucos surgiam e também desapareciam, o Duofox conseguiu fazer o abutres não ouvem jazz chegar aonde chegou.

Estamos longe de ser aquele gigante dos podcasts, mas como dizia um antigo poeta mineiro, devagar se chega ao longe e se no meio do caminho temos pedras, o jeito é remover e ir andando.

Nós, da equipe Duofox, esperamos que tudo o que fizermos pra galera que nos segue e curte nosso conteúdo, seja proveitoso e os enriqueça culturalmente.

Queremos disseminar cultura pelo país afora, e por que não ao redor do globo? Afinal, já resenhamos até material dos gringos.

Bem, a internet não acabará tão cedo, e nós, do abutres não ouvem jazz, não ficaremos para semente, porém, de uma coisa temos plena certeza, queremos deixar muito material cultural largado por ai quando partirmos para nosso último voo.

ALGUNS EPISÓDIOS QUE CITAMOS NO VÍDEO

# Abutres não ouvem Jazz – EP24 – Literatura policial – Por que ler, Agatha Christie, Conan Doyle e Raymond Chandler??

# ABUTRES NÃO OUVEM JAZZ – EP5 – CRASS & BAD BRAINS

# Abutres não ouvem Jazz – EP45 – Entrevista 09 – Wagner Ramos ( Rádio Diáspora )

# Abutres não ouvem jazz – Episódio 3 – Miles Davis e John Coltrane

Tito Cepoline Escrito por:

Entrou para compor o timaço do podcast ABUTRES NÃO OUVEM JAZZ, formando o power trio mais improvável e pra lá de especial. Apaixonado por viagens e artes no geral, em especial a música, tem ouvido aberto para vários estilos, alguns bem peculiares e passeia na linha que vai do jazz ao hardcore. Viagens e Música não são meros itens na prateleira!! Seguindo essa máxima, segue na luta diária de promover, divulgar, incentivar cultura, arte independente, lugares pitorescos, praias belíssimas que tanto são necessários para nossa sobrevivência!!

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *